"Mais importante é a nossa vontade de fazer história"

Pepe reconhece que Portugal queria ter chegado à final, mas acha que o terceiro lugar não deslustra

Pepe foi decisivo na vitória de Portugal, ao marcar o golo aos 90'+1 que obrigou a um prolongamento. O central destaca a justiça do triunfo luso diante do México.

"Quero destacar o trabalho excecional da equipa. Não merecíamos perder este jogo, pois tivemos muitas oportunidades", referiu, em entrevista à RTP.

Pepe reconhece no entanto que a prestação de Portugal poderia ter sido melhor. "Queríamos ter estado na final, mas ficou o terceiro lugar, que é bem merecido. Representámos bem Portugal e o mais importante é a nossa união, o espírito de grupo e a vontade de fazer história".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG