UEFA aprova Liga das Nações, que terá início em 2018

Esta nova competição inicia-se em 2018, vai englobar os jogos particulares de seleções e estará vinculada ao apuramento para os campeonatos da Europa.

A UEFA aprovou esta quinta-feira, num congresso que decorre em Astana, no Cazaquistão, a criação da Liga das Nações em futebol, uma competição para seleções que terá início em 2018.

Wolfgang Niersbach, presidente do comité de competições de seleções, considerou que a prova "é um grande passo" para as equipas nacionais e mostrou-se convicto de que terá o apoio dos adeptos.

A Liga Nações vai englobar os jogos particulares de seleções e estará vinculada ao apuramento para os campeonatos da Europa.

A UEFA vai anunciar em breve o formato final da competição, tendo já adiantado que as 54 seleções filiadas vão ser distribuídas por quatro divisões, com subidas e descidas, de acordo com um ranking.

Entre setembro e novembro de 2018 cada seleção disputará entre quatro a seis jogos.

As equipas competirão pela promoção a um grupo superior ou para conquistarem o título da Liga das Nações e por um lugar no "play-off" de apuramento para o Europeu.

No congresso, as 54 federações aprovaram também a resolução "O futebol europeu unido pela integridade do jogo", que prevê fortes sanções para os envolvidos em jogos viciados.

Além de se comprometerem a impor fortes sanções a todos os implicados na viciação de resultados, as federações membro da UEFA irão levar a cabo planos educativos tendo em vista a integridade do futebol.

A UEFA colocará à disposição das federações oficiais de integridade, que apresentarão aos clubes das diversas competições a campanha "Reconhece, rejeita e denuncia".

Os oficiais de integridade atuarão em contacto com as autoridades desportivas e policiais em possíveis casos de viciação de resultados, uma vez que a UEFA considera fundamental a troca de informação.

Ler mais