Paulo Bento já não é selecionador nacional

Terminou o reinado de Paulo Bento à frente da seleção nacional A, um reinado que se iniciou a 8 de Outubro de 2010. FPF garante que chegou a acordo com o treinador

Paulo Bento já não é selecionador. O presidente da Federação, Fernando Gomes, e o selecionador chegaram a um entendimento para a saída do treinador nacional.

A má campanha no Mundial do Brasil e a derrota com a Albânia (1-0), em casa, no arranque para o EURO 2016 ditaram a saída premeditada, apesar da renovação até 2016.

Bento sai ao fim de quase quatro anos no comando da seleção. O sucessor ainda não é conhecido, mas, tal como o DN já avançou na edição papel, Vítor Pereira e Fernando Santos são hipóteses em cima da mesa.

Eis o comunicado da FPF na íntegra:

A Federação Portuguesa de Futebol comunica que hoje, 11 de setembro, termina o vínculo contratual de Paulo Bento com a FPF e ao serviço das Seleções.

Esta foi uma decisão tomada conjuntamente entre a Direção da FPF e Paulo Bento.

Agradecemos tudo o que Paulo Bento fez pela nossa Seleção, nomeadamente pelo apuramento de Portugal para o EURO 2012 e para o Mundial 2014.

A FPF já esta a trabalhar numa solução estruturada para dirigir as nossas Seleções e que será conhecida em breve.

Mais uma vez obrigado ao treinador Paulo Bento.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.