Fernando Santos com dúvidas nos 23 para o Europeu... se fossem 40 era mais fácil

"Renato Sanches tem estado bem, mas não joga de início", disse o selecionador

Portugal joga com a Bulgária na sexta-feira. Será o primeiro teste da equipa de Fernando Santos rumo ao EURO 2016. O adversário foi escolhido porque tem "algumas semelhanças" com a Islândia, um dos adversários na fase final. "Quando escolhemos os adversários, pensamos naquilo que podia ser a semelhança no conteúdo de jogo ou na forma de jogar daquilo que vamos encontrar na fase final do Campeonato da Europa. O que pretendo ver é a forma como vamos reagir a uma equipa que teoricamente nos vai criar grandes dificuldades", explicou o selecionador nacional.

"O Renato Sanches tem estado muito bem, mas não vai jogar amanhã de início. Estou muito contente da forma como está trabalhar, faz parte do grupo de 40. Tem estado bem, é um miúdo desinibido, nesse aspeto tem estado muito bem", destacou ainda.

Fernando Santos disse assim que tem muitas "incertezas" quanto ao grupo final dos 23: "Não Tenho muitas dúvidas em relação a um lote de quarenta e tal jogadores. Depois há outro lote mais reduzido em que tenho muitas dúvidas. Só posso levar 23, não posso levar mais, só se fizermos uma petição à UEFA... Os 23 não posso saber já porque há jogadores que não estão clinicamente aptos para estar neste momento na seleção e, até 30 de maio, nenhum de nós consegue saber se vai haver mais algum caso destes. Em relação ao grupo de 40 não tenho dúvidas nenhumas."

Assim como não muda a ambição. "Temos aspirações a vencer o Euro, mas temos de demonstrar essa capacidade em campo. Acreditamos que temos potencial. Sabemos que não somos favoritos, mas seria estranho que um dos melhores classificados da UEFA não tivesse essas ambições. É legitimo da nossa parte queremos chegar a França com aspirações de vencer", referiu o técnico nacional, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com a Bulgária, sexta-feira, em Leiria.

Ler mais

Exclusivos