"Foi um jogo repartido, mas nos penáltis o futebol é isto"

Selecionador satisfeito com comportamento dos seus jogadores

Fernando Santos queria a final, mas apesar da derrota fez questão de elogiar os seus jogadores. O selecionador de Portugal salientou o equilíbrio entre a turma das quinas e o Chile, não querendo arranjar desculpas pelo facto da equipa nacional não ter marcado qualquer golo nas grandes penalidades.

"Houve ascendência de parte a parte. Portugal entrou melhor, nos primeiros 15 ou 20 minutos, depois o Chile melhorou e houve oportunidades de golo para os dois lados. Tentámos refrescar e dar velocidade à equipa, mas o Chile também respondia bem. Aliás, foi um jogo repartido, mas nos penáltis o futebol é isto. No Europeu foram heróis nesse aspeto, hoje foi assim. Os jogadores estão de parabéns", salientou o selecionador, sem querer comentar então o desacerto da equipa nacional nas grandes penalidades: "Não vou fazer essa análise agora.".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG