Cabeça de Bruno Alves valeu vitória ao cair do pano

Após uma boa primeira parte da seleção nacional, à qual faltaram golos, os mexicanos foram melhores no segundo tempo, mas acabaram derrotados por um golo aos 90'+2 e também porque Eduardo foi um gigante na baliza

Caiu do céu o golo da vitória de Portugal nos instantes finais do primeiro jogo de preparação para o Mundial 2014, no Estados Unidos, frente ao México. Foi já no segundo dos três minutos de descontos, que Bruno Alves, de cabeça, bateu Ochoa e deu o triunfo à equipa de Paulo Bento.

Uma vitória que acaba por ser amarga para os mexicanos, que na segunda parte dispuseram das melhores oportunidades para marcar, tendo valido aos portugueses a grande noite do guarda-redes Eduardo, que evitou pelo menos quatro golos do adversário.

É verdade que durante o primeiro tempo foi a equipa das quinas a melhor no relvado, mostrando claramente que sem Cristiano Ronaldo diminuem de forma drástica as possibilidades de fazer golos. Mas ainda assim, foi possível notar que neste regresso ao 4x3x3 a equipa foi equilibrada enquanto o jogo esteve a um ritmo médio/baixo.

O pior foi quando os mexicanos aceleraram na segunda parte, sobretudo depois da entrada de Chicharito Hernández. A partir daí a organização defensiva portuguesa pareceu bastante débil e não fosse Eduardo e a noite até poderia ter sido de pesadelo perante um México que, diga-se, não está na primeira linha do futebol mundial.

O jogo valeu pelo triunfo da equipa portuguesa, que assim ganhará por certo maior confiança e tranquilidade, numa altura em que a tensão da comitiva portuguesa tem sido evidente sobretudo por causa da lesão de Ronaldo. Pode ser que o golo de Bruno Alves ajude a afastar alguns fantasmas no grupo de Paulo Bento

FILME DO JOGO

ACABOU A PARTIDA! Portugal venceu o México por 1-0 graças ao golo de Bruno Alves.

90+2 GOOLOOOOO PORTUGAL!!! Bruno Alves, de cabeça, a bater Guillermo Ochoa na sequência de um livre marcado por João Moutinho.

89' GRANDE DEFESA DE EDUARDO! O guarda-redes português saiu aos pés de Alan Pulido, que estava isolado, e evitou o golo mexicano. O número 1 português é, sem dúvida, a grande figura do jogo.

86' Substituição no México: Sai Herrera e entra Aquino

83' Livre direto batido por Nani, a bola desvia na barreira e sai pela linha de fundo

81' Substituição em Portugal: Sai João Pereira e entra Rúben Amorim

79' Cartão amarelo a Luís Neto devido a uma falta duríssima sobre Marco Fabián

78' Dulpa substituição no México: Saem Guardado e Oribe Peralta, entram Alan Pulido e Marco Fabián

76' Substituição em Portugal: Sai Fábio Coentrão e entra Rafa Silva

75' Do livre direto resultou um remate de Herrera por cima da baliza de Eduardo.

74' Cartão amarelo a João Pereira ao cometer falta sobre Guardado. Livre perigoso para o México

74' Bruno Alves salva Portugal, ao evitar que a bola chegasse a Oribe Peralta.

74' Varela responde de cabeça a um cruzamento de João Pereira, mas Ochoa defende facilmente

68' Outra vez Eduardo a negar o golo a Herrera. O portista rematou de fora da área.

Estão 56 292 pessoas no Gillette Stadium

64' Substituição em Portugal: Sai Éder e entra Hélder Postiga.

62' GRANDE DEFESA DE EDUARDO! O portista Herrera remata para uma grande intervenção do número 1 português! Mas a jogada de Chicharito Hernández foi fantástica

60' Miguel Veloso remata de longe, mas muito torto

59' Guardado remata à malha lateral da baliza de Eduardo, após cruzamento de Chicharito Hernández

58' Substituição em Portugal: Sai Vieirinha e entra Varela.

58' Substituição no México: sai Giovani dos Santos e entra Chicharito Hernández, o avançado do Manchester United.

55' Guardado remata de fora da área e a bola sai rente ao poste. O México esteve muito perto de se adiantar no marcador

52' Cartão amarelo a Bruno Alves devido a uma entrada por trás sobre Giovani dos Santos

50' Ochoa nega o golo a Fábio Coentrão, desviando um remate na pequena área para canto!

49' Grande oportunidade para o México, com Eduardo a evitar que Oribe Peralta chegasse ao golo após uma excelente jogada de Giovanni dos Santos

RECOMEÇA O JOGO

- Portugal sem substituições. Entra o mesmo onze para a segunda parte.

- O México vai trocar de guarda-redes ao intervalo. Vai entrar Guillermo Ochoa para o lugar de Jesus Corona.

- A seleção nacional não entrou bem no jogo, permitindo ao México criar algum perigo junto da baliza de Eduardo, que chegou mesmo a ser batido, mas em posição de fora de jogo bem assinalada pelo árbitro. Aos poucos os portugueses tomaram conta do jogo, através de lances rápidos pelas alas. Vieirinha deu o primeiro sinal de perigo, mas depois foi Éder - muito ativo durante a primeira parte - a desperdiçar pelo menos duas boas ocasiões. Pelo meio Eduardo ainda evitou um golo espetacular de Layun.

INTERVALO. Vieirinha está caído no chão a receber assistência.

45' Cartão amarelo para Paul Aguilar, na sequência de uma entrada dura sobre Vieirinha

43' Guardado responde com um remate de fora da área, mas ao lado

42' João Pereira remata ao lado, após excelente passe de Nani

39' Éder, sempre ele, agora de cabeça, após cruzamento de João Pereira, mas a bola volta a sair ao lado da baliza de Corona.

38' Éder, mais uma vez, a aproveitar um passe de Vieirinha para rematar à meia-volta, à entrada da área, mas ao lado.

33' Outra vez Corona, a "sacudir" um pontapé de canto de Nani quando Éder já se preparava para rematar

31' Grande defesa de Eduardo, a desviar para canto um remate em arco de Miguel Layun, um dos melhores mexicanos em campo

24' Nani bate o livre, mas Corona defende, evitando que Veloso chegue a tempo

23' Livre perigoso para Portugal, após derrube de Francisco Rodríguez a Moutinho

21' Éder quase marca! O avançado do Sp. Braga, solicitado por Fábio Coentrão, rematou cruzado para mais uma excelente defesa de Jesus Corona.

19' Éder cabeceia por cima da barra após cruzamento de Nani.

13' GRANDE OPORTUNIDADE PARA PORTUGAL! Vieirinha na esquerda remata e obriga Corona a defender para canto.

9' - Jogada de entendimento entre Nani e André Almeida, na esquerda, mas Moutinho não conseguiu o cruzamento.

7' - Primeira jogada de ataque de Portugal, com João Pereira a cruzar para Éder e Rafa Marquez a cortar de cabeça.

2' - Livre de Guardado, corte da defesa portuguesa e os mexicanos acabam por marcar, mas o árbitro costariquenho Jeffery Solis já tinha apitado, assinalando fora de jogo.

André Almeida joga como defesa-esquerdo e Fábio Coentrão no meio-campo ao lado de Moutinho, com Miguel Veloso mais recuado.

1' Já se joga!

Vai sair Portugal.

Portugal vai jogar com o equipamento alternativo: camisola branca, calções azuis e meias brancas.

Já se ouvem os hinos, primeiro a Portuguesa.

Entram as equipas no relvado. Muito entusiasmo nas bancadas, onde estão cerca de 50 mil espectadores, ainda longe da lotação máxima, que é de mais de 68 mil pessoas.

As seleções do México e Portugal já recolheram aos balneários. Toca agora o hino dos Estados Unidos.

As duas equipas já fazem exercícios de aquecimento no relvado do Gillette Stadium, em Foxboro, no estado americano de Rhode Island.

Na seleção mexicana, o médio Herrera, do FC Porto, é titular, enquanto Diego Reyes fica no banco de suplentes. O onze inicial é o seguinte: Jesus Corona; Paul Aguilar, Francisco Rodríguez, Rafael Marquez, Hector Moreno; Miguel Layun, Herrera, Juan Vasquez, Guardado; Giovani dos Santos, Oribe Peralta.

Chicharito Hernández, avançado do Manchester United, que tem estado com problemas físicos, fica no banco.

Entra a equipa portuguesa para o aquecimento.

Já é conhecida a equipa de Portugal: Eduardo; João Pereira, Luís Neto, Bruno Alves e Fábio Coentrão; André Almeida; João Moutinho, Miguel Veloso; Vieirinha, Éder, Nani.

Paulo Bento opta assim pelo tradicional 4x3x3.

Destaque para o facto de Rui Patrício, Varela e Hélder Postiga ficarem no banco de suplentes.

Portugal está quase a entrar em campo para o primeiro jogo de preparação para o Mundial 2014 em solo americano. No Gillette Stadium, a equipa de Paulo Bento, sem Ronaldo, Pepe, Raul Meireles e Beto, defronta o México, dos portistas Diego Reyes e Héctor Herrera, a partir da 1.30 horas.

O recinto, habitualmente utilizado nos jogos de futebol americano pelos New England Patriots, será hoje dividido entre os muitos emigrantes portugueses e mexicanos nos Estados Unidos, que dão um colorido vermelho e verde às bancadas.

Apesar da ausência de Cristiano Ronaldo, que continua a recuperar de uma lesão, sendo ainda uma incógnita para o Mundial do Brasil, há algum entusiasmo à volta desta partida, que servirá para o selecionador nacional ensaiar a estratégia que irá utilizar nos jogos com a Alemanha, Estados Unidos e Gana, do grupo G do Campeonato do Mundo.

Há alguma curiosidade para saber se Paulo Bento irá manter o tradicional 4x3x3 ou se voltará a apostar no esquema alternativo de 4x4x2, que utilizou diante da Grécia (0-0) no dia 31 de maio, no Estádio Nacional, e que, tudo indica, será o plano B para o caso de Ronaldo não ser dado como apto para o jogo com os alemães.

Do lado dos mexicanos, tem havido alguma confusão em torno do selecionador Miguel Herrera, sobretudo depois da derrota com a Bósnia, em Chicago, por 0-1.

Será pois um jogo entre seleções à procura do melhor momento, a menos de uma semana para o pontapé de saída do Mundial 2014.

Curioso é que a partida se realiza numa relva natural, que foi aplicada há uns dias em cima do piso sintético habitualmente utilizado pelos Patriots na NFL, a liga de futebol americano.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG