Antunes justifica chamada com "trabalho"

Antunes, defesa-esquerdo do Málaga, 25 anos, mostra-se naturalmente "orgulhoso", com o facto de ter sido convocado pelo selecionador nacional, Paulo Bento, e promete "dar o máximo".

"Tenho trabalhado ao máximo para poder ser opção. A notícia foi bem recebida lá em casa pela minha família e, especialmente, por mim. É sempre um orgulho representar Portugal", disse Antunes esta terça-feira, aos jornalistas.

O defesa-esquerdo contratado pelo Málaga, de Espanha, em janeiro último, ao Paços de Ferreira, promete "dar o máximo" em prol da equipa. "Se já merecia ter sido chamado antes? Não me compete fazer esse tipo de avaliação. Tenho de fazer o meu trabalho, de dar o meu máximo, no clube [Málaga], e de esperar pelas oportunidades. O mister [Paulo Bento, selecionador nacional de futebol] entendeu que era altura de me chamar", afirmou.

Antunes, 25 anos, analisa o futuro de Portugal na fase de qualificação rumo à fase final do Mundial de 2014, que terá palco no Brasil. "Todos os jogos são importantes. No caso de Israel, trata-se de um adversário direto, que tem os mesmos pontos que nós. O nosso objetivo é conseguir um bom resultado e, se queremos assegurar o apuramento, temos de vencer os nossos adversários diretos", declarou.

"Falta meio campeonato para jogar e outro completo. Há um longo caminho para percorrer e muitas decisões que a equipa técnica terá de tomar. Relativamente à minha situação, tenho de tentar manter-me na estrada para fazer parte dessa convocatória", defendeu o defesa-esquerdo Antunes.

A seleção nacional portuguesa de futebol, orientada por Paulo Bento, ocupa nesta altura o terceiro lugar do Grupo F de qualificação rumo à fase final do Mundial de 2014. Soma sete pontos, os mesmos de Israel, segundo colocado do agrupamento e próximo adversário da formação lusa no Grupo F (sexta-feira, em Israel). Portugal defrontará ainda, na próxima terça-feira, também fora de portas e para o Grupo F, a congénere do Azerbaijão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG