Adepto ferido ao saltar a rede de segurança

Uma adepta saltou a rede de segurança, invadiu a sessão de treino da seleção nacional e tentou agarrar Ronaldo, que depois permitiu a aproximação da fã. Outro adepto tentou o mesmo e ficou ferido.

Momento insólito e de algum histerismo no Estádio Moisés Lucarelli, onde a seleção nacional cumpre nesta quinta-feira o primeiro treino no Brasil: uma adepta, com a camisola de Cristiano Ronaldo, conseguiu saltar a rede de segurança, com mais de dois metros e meio, e "invadiu" o relvado na tentativa de se agarrar ao futebolista português.

A adepta, brasileira, ainda conseguiu "escapar" aos primeiros dois seguranças e percorrer alguns metros no relvado, mas acabou por ser agarrada pelas forças de segurança. O salto valeu-lhe um corte numa perna, que a própria desvalorizou.

Cristiano Ronaldo e os colegas de seleção reagiram ao episódio com sorrisos e boas disposição. "Saltou aquilo tudo? Então está em boa forma forma física", disse CR7, à RTP Informação.

Pouco depois, e a pedido do próprio Ronaldo, foi permitido à adepta aproximar-se do seu ídolo, que abraçou efusivamente, com muitas lágrimas e gritos à mistura.

Já no final da sessão de treino, outro adepto tentou saltar a rede de segurança, mas não teve a mesma sorte: sofreu uma queda aparatosa e teve que ser retirado para receber assistência médica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG