Rossi renova contrato com a Yamaha até 2018

Piloto de 37 anos ainda não tem planos para se reformar

O italiano Valentino Rossi prolongou o seu contrato com a equipa Yamaha por mais dois anos, até ao final de 2018, anunciou a equipa de MotoGP do fabricante japonês.

"Estou muito contente por anunciar que a Yamaha e eu prolongámos o nosso contrato e vamos continuar a trabalhar juntos no MotoGP nos próximos dois anos. Estou muito satisfeito com esta decisão, porque sempre esteve nos meus planos competir enquanto me sentir competitivo e me der prazer", afirmou o sete vezes do mundo, que regressou à Yamaha em 2013.

'Il dotore', de 37 anos, conquistou o título da principal categoria do motociclismo de velocidade em 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2008 e 2009, tendo no ano passado sido segundo, atrás do espanhol e companheiro de equipa Jorge Lorenzo.

No mesmo comunicado, o diretor da equipa, Lin Jarvis, sustentou que "não há melhor forma de iniciar uma nova temporada do que com o anúncio deste acordo".

"Quando o 'Vale' decidiu regressar a casa, em 2013, foi a decisão da sua vida. Este novo acordo confirma que vai terminar a sua carreira no motociclismo com a Yamaha", referiu Jarvis, ambicionando que "os adeptos da Yamaha possam apreciar três temporadas completas de corridas de Rossi, enquanto tenta alcançar o seu 10.º título mundial".

Além dos sete triunfos na categoria principal, o italiano sagrou-se também campeão do mundo em 125cc, em 1997, e 250cc, em 1999.

Exclusivos