AS Roma recupera liderança em Itália, perseguida por Nápoles, Fiorentina e Inter

AS Roma lidera à 10.ª jornada, com dois pontos de vantagem sobre Inter, Nápoles e Fiorentina, de Paulo Sousa

A Roma recuperou a liderança da Liga italiana, ao vencer na receção à Udinese por 3-1, desalojando o Inter, mas Nápoles e Fiorentina também venceram e mantêm a pressão ao fim da 10.ª jornada.

A formação da capital chegou rapidamente ao 2-0, com golos aos quatro e nove minutos, através do médio bósnio Miralem Pjanic e pelo veterano lateral brasileiro Maicon, respetivamente, abrindo caminho para um triunfo folgado.

Na segunda parte, o internacional marfinense Gervinho, aumentou para 3-0, aos 63 minutos, cabendo ao atacante francês da Udinese Cyril Thereau o tento de honra dos visitantes.

Na Udinese, o internacional português sub-21 Bruno Fernandes ficou, desta vez, no banco, tendo sido lançado em campo aos 58 minutos a render o suíço Silvan Widmer.

Com este triunfo, a Roma reassumiu a liderança isolada, com 23 pontos, depois de a perder provisoriamente para o Inter, que abriu a jornada, na terça-feira, com uma vitória por 1-0 em Bolonha.

No entanto, mantém "à perna" o Nápoles, que venceu na receção ao Palermo por 2-0, e a Fiorentina, que interrompeu uma série de três derrotas consecutivas pelo mesmo resultado, ao ganhar em Verona por 2-0.

A equipa de Florença, orientada pelo português Paulo Sousa, foi desalojada da liderança na jornada anterior ao perder em casa com a Roma por 2-1, mas esta derrota seguiu-se a outras duas pelo mesmo resultado, em Nápoles, na oitava jornada da Liga italiana, e na receção aos polacos do Lech Poznan, para o grupo I da Liga Europa, do qual faz parte o Belenenses.

Face aos resultados de hoje, a Roma comanda a 'Serie A' com 23 pontos, mais dois do que um trio formado por Nápoles, Fiorentina e Inter, todos com 21, e mais cinco do que um duo constituído por Sassuolo e Lazio, ambos com 18.

A Lazio 'tropeçou' em Bérgamo, ao perder com a Atalanta por 2-1, caso contrário estaria colado ao trio de perseguidores do atual líder, e foi alcançado pelo Sassuolo, que bateu o campeão em título, a Juventus, por 1-0, graças a um golo de Nicole Sansone, aos 20 minutos e à expulsão prematura do internacional italiano Chiellini, aos 39 minutos, por acumulação de cartões amarelos.

A 'vecchia signora' está a realizar um campeonato dececionante, seguindo em 12.º lugar, com 12 pontos.

Nos restantes jogos, o AC Milan venceu em San Siro o Chievo por 1-0, o Frosinone impôs-se em casa ao Carpi por 2-1 e o Torino cedeu um empate a três golos na receção ao Génova.

A 10.ª jornada encerra na quinta-feira com o jogo Sampdoria-Empoli.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG