Ricardo Costa é o espião português

Ricardo Costa é uma das novidades de Carlos Queiroz para os jogos com a Bósnia. O defesa-central pode ser essencial nesta fase da caminhada para o Mundial 2010, sobretudo fora do relvado, uma vez que partilha o balneário do Wolfsburgo com dois dos mais perigosos jogadores bósnios: Dzeko e Misimovic. Além disso, conhece outros elementos daquela selecção que alinham noutras equipas da liga alemã, como são os casos de Ibisevic e Salihovic, ambos do Hoffenheim.

Não escondendo a surpesa pela chamada, Ricardo Costa admite que mesmo que não jogue está pronto a ajudar. "Vou para trabalhar, informar bem e ajudar quem joga, sobretudo dando-lhes o conhecimento que tenho dos jogadores da Bósnia", disse, revelando ainda conversas no balneário do Wolfsburgo, o defesa revelou que o seu treinador Armin Veh lhe pediu para "ter cuidado e não lesionar o Dzeko", a quem disse para "marcar um golo, desde que Portugal marque três".

Quem também conhece bem os jogadores bósnios é Hugo Almeida. O avançado do Werder Bremen está de regresso à equipa após recuprar de lesão e já avisou que Portugal "não pode facilitar, nem pensar que são favas contadas". "Isso pode ser a nossa morte", crescentou, à chegada a Óbidos, assumindo que "Misimovic é excelente e o jogo do Wolfsburgo passa todo por ele", considerando Dzeko e Ibisevic "goleadores natos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG