Repórter fotográfico morre após ser atingido por piloto num rali

Estava num local vedado ao público

Um repórter fotográfico morreu hoje depois de ter sido abalroado por um automóvel quando acompanhava mais uma etapa do rali Mare è Machja, na Córsega, França.

Segundo as autoridades francesas, o repórter, Stéphane Giraudi, prestes a comemorar 50 anos, "encontrava-se num local vedado ao público" quando foi atingido por um dos automóveis em prova.

O piloto e o navegador da viatura em causa tiveram de receber assistência médica, pois ficaram em choque na sequência do acidente.

As mesmas autoridades acrescentaram que o repórter fotográfico teve morte imediata e abriram uma investigação para avaliar as condições de segurança da prova.

O organizador deste rali, Christian Leca, citado pelo jornal le Parisien, diz que o sistema de segurança preventivo estava instalado. "Mas não podemos ter um comissário atrás de cada espectador ou fotógrafo", acrescentou.

A prova foi imediatamente suspensa.

Stéphane Giraudi era presença assídua nos ralis, tendo dezenas de imagens de provas na sua página no Facebook.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG