PS quer ouvir presidente da Autoridade Antidopagem

Rogério Jóia, presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal, acusou na RTP responsáveis de instituições ligadas à Justiça de furtarem informações para as entregar a pessoas ligadas ao desporto

Foi requerida nesta quarta-feira a audição de Rogério Jóia, presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), por parte dos deputados do Partido Socialista que integram a Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto.

Para os deputados João Torres, António Cardoso, João Castro, Gabriela Canavilhas, Carla Sousa, Diogo leão, Ivan Gonçalves e Norberto Patinho estão em causa afirmações der Rogério Jóia no Programa "Linha da Frente", da RTP, nas quais "acusou os responsáveis de instituições estatais ligadas à Justiça de furtarem informações para as entregar a pessoas ligadas ao desporto" e, dessa forma, "tentarem condicionar e coagir decisões ou nomeações".

Os referidos deputados consideram que "a suspeição levantada constitui motivo de preocupação e deve ser cabalmente esclarecida, a bem da imagem do Desporto e do bom funcionamento das instituições".

Exclusivos

Premium

João Lopes

A última tentação cinéfila

O ator Willem Dafoe é um dos homenageados do Lisbon & Sintra Film Festival: entre os seus títulos mais emblemáticos inclui-se A Última Tentação de Cristo, de Martin Scorsese, filme gerado num contexto de produção de Hollywood que já não existe.O ator Willem Dafoe é um dos homenageados do Lisbon & Sintra Film Festival: entre os seus títulos mais emblemáticos inclui-se A Última Tentação de Cristo, de Martin Scorsese, filme gerado num contexto de produção de Hollywood que já não existe.

Premium

Número dispara em quatro meses

Há 3685 desfibrilhadores em Portugal

Em quatro meses, o Instituto Nacional de Emergência Médica colocou mais de mil desfibrilhadores em espaços públicos. Mas faltam ainda muitos passos para cumprir à risca a legislação criada em 2012. No concelho de Ansião (Leiria), um enfermeiro apresentou uma proposta ao orçamento participativo e a câmara vai instalar 18 aparelhos nos espaços públicos. Foi lá que há dois anos um dispositivo desses salvou a vida a um bombeiro.