Presidente impedido de entrar no hotel da equipa... por razões de segurança

Segundo Didier Deschamps, Noel Le Graet foi barrado pela segurança, apesar de devidamente credenciado.

Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF) foi impedido de entrar no hotel da seleção francesa, na Rússia, por razões de segurança. Uma confusão que acabou por ser notícia depois de Didier Deschamps, que em tom divertido, ter dado o caso como exemplo, para abordar as medidas de segurança durante o Mundial2018.

"Estamos sujeitos a regras de segurança muito altas, até mesmo o nosso presidente, que saiu esta manhã, não conseguiu entrar. Apesar de tudo, ele tinha a sua credencial, mas não entrou", disse o técnico francês, antes do primeiro treino em solo russo.

Dechamps abordou ainda as instalações da equipa, em Istra, a 40 quilómetros de Moscovo, numa floresta isolada, no final de um acesso protegido por forças de segurança.: "Precisamos de paz e tranquilidade, mas não queremos um local ao estilo de um bunker, precisamos de espaço".

A França tem estreia marcada no Mundial2018 frente à Austrália, em 16 de junho, em Kazan. Além dos australianos, os franceses defrontam o Peru em 21 de junho, em Ecaterimburgo, e a Dinamarca, no dia 26, em Moscovo, nos restantes jogos do Grupo C do Campeonato do Mundo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG