Pichardo e o ouro: "Forma de mostrar o reconhecimento pelo que Portugal fez por mim"

Luso-cubano conquistou a medalha de ouro no triplo salto nos Europeus de Atletismo de Pista Coberta, em Torun, Polónia.

Pedro Pichardo ouviu pela primeira vez o hino português numa grande competição de atletismo, em Torun, Polónia, este domingo. "O meu objetivo era garantir a vitória logo a abrir, e já com a vitória garantida fazer um grande salto, a seguir. Depois do quinto salto, já deu para perceber que eles começaram mesmo a ficar fatigados, mas não consegui melhorar no último", recordou Pichardo, já depois de ter subido ao pódio e recebido a medalha de ouro.

O atleta, que é treinado pelo seu próprio pai, Jorge Pichardo, não escondeu, no entanto, que não gostou do primeiro salto: "Não foi bom. Há sempre erros e naquele salto eu fiz vários erros, por isso não podia estar muito feliz com isso, apesar de ter sido o suficiente para conseguir a vitória, hoje".

"Posso saltar mais longe, e esse é sempre o meu objetivo, ser o melhor que posso ser. Queria mesmo fazer um salto bem maior", acrescentou, descartando que a melhoria do recorde nacional seja a meta. "Bater o recorde nacional não é realmente um grande objetivo, porque hoje existem outros saltadores que estão a saltar muito mais longe do que isso. Veja-se o [Hugues Fabrice] Zango, o recordista mundial em pista coberta, ele já saltou 18 metros. Eu quero é passar essas marcas. Bater o recorde nacional só por si não me deixa por cima deles", acrescentou Pichardo.

"Mas mais importante é levar a vitória na bagagem para casa. Depois de perder uma medalha em Doha (nos Mundiais), ganhar o ouro aqui significou muito, principalmente porque é uma forma de mostrar o reconhecimento pelo que Portugal fez por mim, de me dar a oportunidade de continuar a fazer o que quero, saltar, por isso estou muito grato por isso", disse ainda o atleta do Benfica.

No caminho para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, "grande objetivo de todos", confirmou que a Liga Diamante fará parte dos seus planos. "Estou muito contente por o triplo salto estar de volta ao programa principal dos maiores meetings. Já venci a Liga Diamante uma vez e esse foi um dos grandes momentos da minha carreira", reforçou.

Em Torun, Polónia, Pichardo superou todos os adversários por larga margem, com o pódio a ficar completo com o azeri Alexis Copello (17,04) e o alemão Max Hess (17,01).

As felicitações de Luís Filipe Vieira, António Costa e Rui Rio

Para Luís Filipe Vieira, o ouro de Pedro Pichardo é um "motivo de orgulho para Portugal". "Enquanto presidente do Sport Lisboa e Benfica, não posso deixar de assinalar que este feito se reveste de um enorme orgulho pessoal e de uma verdadeira felicidade. Estou certo que se trata de igual orgulho para toda a nação benfiquista e, sobretudo, para Portugal", afirmou presidente do Benfica, em declarações ao sítio oficial do clube.

Vieira considerou que o atleta, que representa o Benfica, é hoje uma "referência no desporto". "Mostraste todo o teu valor, que há muito te reconhecemos, e é justo que hoje o país inteiro sinta orgulho na tua vitória. Sei bem como desejavas viver este momento e poder cantar o hino nacional", acrescentou o líder benfiquista.

O primeiro-ministro também felicitou o atleta. "Mais uma grande conquista nos Europeus de atletismo em pista coberta. As minhas felicitações a Pedro Pablo Pichardo que acaba de ganhar o ouro no triplo salto!", referiu António Costa, numa mensagem na rede social Twitter.

Também o presidente do PSD, Rui Rio, enalteceu o feito do atleta português na mesma rede social. "Bravo! Os meus parabéns", referiu Rui Rio, numa mensagem com uma foto do atleta em ação.

Já João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto destacou o saltou que antecipa grandes expectativas para os Jogos Olímpicos Tóquio2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG