Pesadelo alemão para o Benfica. Sp. Braga pode sonhar

UEFA. Clube da Luz vai medir forças com o superfavorito Bayern na Liga dos Campeões. Shakthar frente a bracarenses na Liga Europa

Entre os possíveis adversários é caso para dizer que ao Benfica calhou uma das principais favas nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o poderosíssimo Bayern Munique, clube líder da Bundesliga treinado por Pep Guardiola. Já o Sp.Braga tem toda a legitimidade para sonhar com as meias-finais diante do Shakthar Donetsk, apesar da maior experiência dos ucranianos nas competições europeias.

Os quatro confrontos dos "quartos" da Champions [ver tabela em baixo] até pode parecer à primeira vista um sorteio condicionado, dado que os quatro principais favoritos - Barcelona, Real Madrid, Bayern Munique e PSG - evitaram-se. Mas não. O sorteio foi puro.

Missão impossível para o único representante português na Liga dos Campeões? Os jogadores do Benfica dizem que não. "Juntos somos capazes de tudo. Já provámos várias vezes conseguir aquilo que julgavam impossível", escreveu o argentino Salvio no Twitter, onde também André Almeida não escondeu a sua confiança: "Vamos à luta, sem medo."

Lourenço Coelho, representante do Benfica no sorteio em Nyon, atribuiu o favoritismo aos bávaros, mas não atirou a toalha ao chão. "Foi um sorteio difícil. Calhou-nos um dos grandes favoritos a vencer a Liga dos Campeões e, portanto, também a eliminatória. Será certamente difícil, mas o Benfica procurará manter a sua identidade e dignificar o seu trabalho. Muitas equipas também queriam o Benfica nos oitavos-de-final e agora estamos aqui", revelou à BTV.

Do lado do Bayern, o entusiasmo também foi desde logo refreado pelo presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge. "Podemos ficar satisfeitos com o sorteio, mas não podemos cometer o erro de subestimar uma equipa que se qualificou para os quartos-de-final da Liga dos Campeões. Serão dois jogos desafiantes", vaticinou.

Já o treinador Pep Guardiola foi diplomático. "Cada jogo será uma final, tanto na Liga dos Campeões como no campeonato", afirmou.

Os principais jogadores do Bayern Munique fizeram questão de elogiar o Benfica. "Pen- so que foi um bom sorteio, mas o Ben-fica tem uma grande equipa, com alguns jogadores bons. O estádio deles é soberbo e têm adeptos fantásticos", disse o internacional francês Franck Ribéry. Já o médio Sebastian Rode falou num duelo entre "os dois maiores clubes do mundo", em alusão ao números de sócios dos dois emblemas.

Favoritismo para os ucranianos

Depois de eliminarem o Fenerbahçe, onde também não eram considerados favoritos, ao Sp.Braga calhou em sorte o Shakthar Donetsk, que venceu a Liga Europa em 2008/2009. Recentemente, contudo, os ucranianos perderam o melhor jogador, Alex Teixeira, que rumou à China, mas ainda assim o técnico Paulo Fonseca atirou o favoritismo para a formação de leste.

"Calhou-nos um dos principais candidatos a vencer esta competição. O Shakhtar já venceu a Taça UEFA, é uma equipa com muita experiência europeia, tem um treinador [Mircea Lucescu] com muitos anos no clube [14] e tem variadíssimos jogadores internacionais. É uma equipa forte, que tem trajeto europeu este ano que nos faz pensar que vamos ter tarefa bem difícil", começou por dizer o treinador bracarense, dando exemplo do poderio ucraniano. "O Shakhtar marcou três golos ao Real Madrid na fase de grupos, ganhou 3-0 em casa do Schalke e os dois jogos ao Anderlecht. Há aqui indícios que nos mostram que nos calhou uma das equipas mais fortes ainda presentes na Liga Europa", recordou o treinador dos minhotos.

Do lado ucraniano houve elogios para a equipa portuguesa. "Foi bom não apanhar com o Liverpool ou com o Borussia Dortmund. Nesta fase, todos os adversários são suficientemente fortes. A confirmar isto está o facto de o Braga ter vencido o Fenerbahçe por 4-1. É uma equipa séria e forte", afirmou o diretor executivo Sergei Palkin.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG