Red Bull Air Race pode voltar ao Porto

A corrida de aviões Red Bull pode voltar ao Porto, passando a realizar-se alternadamente com Lisboa, de acordo com negociações que estão a ser ultimadas, disse hoje à Lusa o vice-presidente da Câmara de Gaia, Marco António Costa.

"Estamos a ultimar pormenores, a tratar de plataformas de entendimento com várias entidades. É nossa convicção que, muito em breve, será possível fazer alternadamente o Red Bull Air Race entre o Porto e Lisboa, ano sim, ano não", adiantou à Lusa o autarca, admitindo que o regresso possa acontecer ainda este ano.

Questionado sobre se o regresso da corrida de aviões às margens do Douro acontecerá em 2011, Marco António Costa radmitiu que "pode até ser mais cedo", sem adiantar mais pormenores.

Convencido de que o acordo para o regresso do Red Bull Air Race ao Douro está para "muito em breve", o vice-presidente da Câmara de Gaia considera que o passo permite "repor uma injustiça incompreensível relativamente a esta região", frisou.

Entretanto, a Câmara de Gaia espera trazer para o rio Douro, "nos anos em que o Red Bull não se realize no Porto, um evento internacional de desporto náutico", revelou também Marco António Costa.

 O autarca planeia deslocar-se a Londres em abril, para "reunir com um grande organizador internacional de eventos de desporto e lazer", de forma a trazer para a região "um grande evento internacional".

O trabalho está a ser feito pela autarquia gaiense, em parceria com várias entidades, e pode não se limitar a Gaia e ao Porto.

"A Câmara de Gaia está, juntamente com outras instituições e autarquias, a trabalhar para trazer para a região do Porto um grande evento internacional", sublinhou Marco António Costa.

Referindo que o município "tem sempre uma visão de parceria com os vizinhos", o vice-presidente diz que "oportunamente" vai "reunir com a Câmara do Porto" para tratar deste evento.

No entanto, admite que a atividade náutica se possa "estender pelo Douro acima, envolvendo vários outros municípios".

"Seria a consolidação de um projeto metropolitano com visibilidade internacional", sustenta.

Em dezembro, o Turismo de Lisboa assinou um primeiro acordo com a Red Bull Air Race para a realização de uma prova sobre o Tejo, a partir deste ano.

A saída do evento do Porto, onde se realizou durante três anos, provocou inúmeros protestos das instituições da região, nomeadamente devido ao apoio dado pelo Instituto de Turismo à realização do evento na capital.

O presidente da Câmara de Lisboa chegou mesmo a mostrar-se "sensível" para que a prova de aviação Red Bull Air Race se realizasse "alternadamente" na capital e no Porto, sublinhando que o contrato assinado se refere apenas a 2010.

O protocolo para a realização em Lisboa da Red Bull Air Race foi aprovado pela autarquia da capital com os votos contra da oposição - a proposta foi viabilizada com os votos favoráveis dos vereadores da maioria socialista e dos vereadores independentes do movimento Cidadãos por Lisboa (eleitos na lista do PS).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG