Polícia interrogou o filho de Schumacher, de 14 anos

O filho de Schumacher, de 14 anos, foi ouvido como testemunha. Polícia apreendeu imagens da câmara do capacete do antigo piloto de F1.

A polícia francesa, que está a investigar o acidente de esqui sofrido por Michael Schumacher, apreendeu uma câmara de filmar fixada no capacete do antigo piloto de Fórmula 1, noticia nesta sexta-feira a agência France Presse.

Citando fonte próxima do processo, a AFP acrescenta que a porta-voz do piloto dissera que o capacete ficara partido em dois, mas que até agora se desconhecia a presença de uma câmara, não tendo sido divulgada a data da apreensão.

O filho Mick Schumacher, de 14 anos, e um seu amigo, que estavam com Michael aquando do acidente de ski nos Alpes franceses (Meribel, na Sabóia), foram ouvidos pela polícia, segundo a mesma fonte.

O acidente, ocorrido domingo provocou lesões cerebrais ao antigo piloto alemão, heptacampeão mundial de fórmula 1. Inicialmente a situação não foi diagnosticada como tendo grande gravidade, mas Schumacher acabou por ser transferido para Grenoble, onde foi sujeito a cirurgia.

Cinco dias depois, Schumacher, que nesta sexta-feira contemplou 45 anos, continua hospitalizado em estado considerado "estável" mas "crítico", em coma induzido. O seu boletim clínico não é atualizado desde quarta-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG