Pistorius negoceia acordo com família da namorada morta

O sul-africano Oscar Pistorius e a família da sua namorada, morta pelo atleta paralímpico, estão a negociar um acordo financeiro à margem dos tribunais, revelou hoje um advogado à AFP.

"Estão a decorrer negociações", reconheceu o advogado Dup de Bruyn, que está a representar a família da assassinada Reeva Steenkamp, à agência noticiosa.

As conversações para uma compensação financeira não vão afetar o julgamento por homicídio de Pistorius, que está previsto começar a 03 de março.

De Bruyn declinou dar qualquer detalhe, mas os meios de comunicação locais noticiaram que o atleta de 26 anos pode pagar até 200.000 euros, depois de ter alvejado mortalmente a sua companheira no dia dos namorados do ano passado.

A modelo de 29 anos sustentava os seus pais financeiramente, pelo que estes estão a passar dificuldades desde a sua morte.

Pistorius negou sempre ter atingido propositadamente a sua namorada através da porta trancada da casa de banho, alegando que pensava tratar-se de um intruso.

O atleta paralímpico, cuja carreira foi abruptamente interrompida com o caso, enfrenta uma acusação de homicídio, além de outra acusação por ter disparado uma arma de fogo em duas ocasiões anteriores à morte de Steenkamp.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG