Pedro Isidro 40.º nos 50 km marcha, João Vieira desistiu

Os marchadores portugueses competiram este sábado na mais longa prova da modalidade nos Jogos Olímpicos de Londres. O atleta que já tinha ficado em 11.º nos 20 km não conseguiu manter o ritmo até ao final.

O português Pedro Isidro tornou-se este sábado no primeiro atleta com deficiência intelectual a nível mundial a participar nos Jogos Olímpicos, terminando os 50 km marcha no 40.º lugar. Já João Vieira abandonou a prova depois de passar os 20 km, não suportando o ritmo que manteve até aí.

"Foi um dia muito difícil para mim. Acordei bem, sentia-me recuperado dos 20 km, mas exagerei muito no ritmo e não aguentei. Paguei a fatura do elevado ritmo do início, além de ter entrado um bocado desconcentrado, com uma falta no quadro cuja advertência não vi", disse João Vieira. O marchador ambicionava um posto entre os 16 primeiros e acabou por desistir a menos de meio da corrida.

Emocionado, sem conseguir evitar as lágrimas, João Vieira disse que "a vida de um atleta é assim mesmo" e deu a entender que não se deixará abater: "Há de haver mais provas de 50 km. Esta distância é o meu futuro".

Quanto a Pedro Isidro, que terminou a prova em 3.58,59, vinte minutos depois do russo Sergey Kirdyapkin, vencedor da prova, o alteta do Benfica fez um balanço "positivo" da sua prestação. "Correu bem toda a minha preparação para os meus primeiros Jogos. Fiquei bem classificado e estou muito contente", confessou Pedro Isidro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG