O mundo do motociclismo está na mão dos irmãos Márquez

Pela primeira vez, dois irmãos são campeões de motociclismo. E tudo começou com uma pequena Yahama recebida pela Natal.

Tudo começou quando um rapaz de quatro anos, chamado Marc, pediu aos reis magos, como prenda de Natal, uma "uma mota de gasolina, das que dão saltos". Ou talvez tenha sido antes, quando os seus pais, Julià e Roser, começaram a passar os fins-de-semana num clube de motociclismo local - e pegaram o "bichinho" ao filho. Marc e o irmão mais novo, Álex, cresceram apaixonados pelas duas rodas. E, no virar da adolescência para a idade adulta, já fazem parte da história: são os Márquez, os primeiros irmãos a sagrarem-se campeões do mundo de motociclismo (e logo no mesmo ano).

O Grande Prémio da Comunidade Valenciana, no último fim-de-semana, ficou inscrito na galeria do momentos lendários do motociclismo graças aos espanhóis, ambos pilotos da Honda. Marc Márquez, de 21 anos e já bicampeão do mundo de Moto GP, juntou mais um recorde à sua extensa lista de registos impressionantes: o maior número de vitórias numa só época (13). E Álex Márquez, de 18, conquistou pela primeira vez o título de Moto 3 (categoria onde o português Miguel Oliveira ficou em 10.º do mundial). Os irmãos fizeram história numa data especial: Marc também tinha ganho o seu primeiro campeonato em Valência e a 9 de novembro. Foi o de 125 cc (a categoria que antecedeu a Moto 3), em 2010. Tinha 17 anos.

Leia mais na edição impressa e no epaper do DN.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG