Miguel Oliveira promete "lutar até ao fim" na Austrália

O português Miguel Oliveira (Mahindra) prometeu este sábado "lutar até ao fim" do Grande Prémio da Austrália, 16.ª prova do campeonato do mundo de Moto3, para o qual vai partir, no domingo, da 15.ª posição da grelha de partida.

"O meu ritmo não é mau, acredito que consigo acompanhar os da frente. Apenas estou concentrado em fazer uma boa primeira volta, avançar no pelotão e lutar ate ao fim. O meu objetivo é acabar a corrida o mais a frente possível, como sempre, mas sobretudo acabar", afirmou o piloto almadense, citado pela sua assessoria de imprensa.

Na qualificação, a melhor volta ao circuito de Phillip Island de Miguel Oliveira, 11.º do campeonato, saldou-se em 1.36,865 minutos, a 0,815 segundos do espanhol Alex Marquez (Honda), que registou o melhor tempo, depois de ter sofrido uma queda durante a última sessão de treinos livres.

"A queda da manhã fez-nos perder o tempo que necessitava para ganhar outra vez confiança. Na qualificação dei o meu máximo, acabando na quinta fila da grelha apenas a 0,8 segundos da 'pole position'. Tendo em conta que 0,1 segundos me dariam cinco posições, acabar onde acabámos e, considerando a queda de hoje, não foi negativo de todo", explicou Miguel Oliveira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG