Miami e San Antonio já estão nas finais de conferência

Bicampeões Miami Heat afastaram Brookyln Nets nas meias-finais da conferência Este, por 4-1, o mesmo desfecho obtido pelos San Antonio Spurs frente aos Portland Trailblazers na conferência Oeste

Na Conferência Este, apesar da vitória nesta segunda ronda dos "play-offs" por 4-1, os Heat sofreram perante o seu público para vencer os Nets por apenas dois pontos (96-94), num jogo dominado pelos nova-iorquinos, enquanto os Spurs, no Oeste, fecharam a série também em 4-1 com um triunfo claro (104-82).

Na sua quarta final de conferência consecutiva - algo apenas conseguido por Lakers e Celtics - a equipa da Florida vai enfrentar Indiana Pacers ou Washington Wizards, ao passo que o conjunto texano atinge esta fase pela terceira vez seguida, nona desde 1997, e terá pela frente Oklahoma City Thunders ou Los Angeles Clippers.

Em Miami, os 29 pontos de LeBron James e os 28 de Dwyane Wade não evitaram dores de cabeça aos Heat, que passaram para a frente do marcador somente a 32 segundos do final do quinto jogo, graças a um triplo de Ray Allen. Com apenas 21 pontos vindos do banco, foi flagrante a dependência do "Big Three" James-Bosh-Wade (73 pontos).

Do lado contrário, Joe Johnson (34 pontos) foi quem marcou o ritmo, com o apoio de Paul Pierce (19) e Deron Williams, numa noite de "ausência" de Kevin Garnett (2). Na primeira época de Jason Kidd no comando, com 180 milhões de dólares de investimento, as chegadas de Pierce e Garnett, os Nets caem na segunda ronda sem terem levado Miami ao limite.

Ao contrário do Heat, os Spurs venceram com grande clareza, apesar de terem perdido o base francês Tony Parker, uma das figuras em destaque nestes "play-offs", que saiu após 10 minutos de jogo com dores na coxa esquerda, sem ter marcasdo qualquer ponto.

"Foi só por precaução", assegurou Tim Duncan, autor de 16 pontos e oito ressaltos. Kawhi Leonard e Danny Green, este com nove ressaltos, marcaram 22 cada um e Patty Mills anotou 18, num jogo em que o contributo vindo do banco chegou a 40 pontos e em que os Spurs terminaram com uma eficácia de 42,9% da linha de triplo (nove em 21).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG