Medina e Slater avançam, portugueses nas respescagens

Tiago Pires e Nico von Rupp vão ter de lutar, na segunda ronda, pela continuidade na competição

A excepção confirma a regra e isso verificou-se hoje em Peniche. Ao contrário do que já aconteceu em várias baterias, Kelly Slater não tremeu perante mais um wildcard português, desta vez Nic von Rupp, apurando-se em primeiro lugar diretamente para a terceira ronda do Moche Rip Curl Pro Portugal.

O americano, que em tempos confessou ter uma ter uma "relação complicada" com o nosso país, alcançou uma pontuação total de 17.00 (em 20 possíveis), contra os 16.07 de Matt Wilkinson e os 7.50 de von Rupp. Como na primeira fase ninguém é eliminado, os outros dois surfistas vão agora lutar nas respescagens para permanecer no evento.

Mas como estas histórias têm mais graça que resultados, voltemos a elas. Estávamos em 1996, quando o onze vezes campeão do mundo começou a ter problemas com Portugal, isto porque foi afastado prematuramente do primeiro WCT realizado por cá por Bruno "Bubas" Charneca. No ano seguinte, arruinou-se numa noite de copos em Lisboa e isso custou-lhe mais uma derrota, novamente contra um wildcard português, desta vez Ruben Gonzalez. No ano passado e quando pensava que a situação já estava resolvida (venceu o campeonato de Supertubos em 2010), Frederico fez-lhe a folha.

Voltando ao campeonato, também Gabriel Medina, líder do ranking e com hipóteses de se vir a sagrar campeão já em Peniche, mostrou hoje eficiência contra Kai Otton e Jacob Willcox. A mesma sorte não teve Tiago Pires, que disputou a última bateria do dia. Apesar de ter surfado bem, Saca não conseguiu ultrapassar a pontuação de Owen Wright e terá agora de enfrentar Otton, vencedor deste evento no ano passado, na segunda ronda.

Além de Medina e Slater (em segundo lugar do ranking), dos que ainda podem conquistar o título, Joel Parkinson, Taj Burrow e Adriano de Souza também se apuraram diretamente para a terceira ronda. Já Mick Fanning, John John Florence (contra von Rupp) e Michel Bourez terão de passar pelas repescagens.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG