Marc Marquez vence na Alemanha e mantém o pleno

O piloto espanhol da Honda manteve o pleno de vitórias no Mundial de motociclismo ao ganhar o Grande Prémio da Alemanha, nona prova do campeonato de Moto GP.

Com este novo troféu antes da pausa para "férias", Marc Marquez reforçou a liderança no Mundial e ficou a uma vitória de igualar o recorde do italiano Giacomo Agostini, que em 1970 ganhou dez grandes prémios consecutivos.

Com nove corridas disputadas no Mundial de Moto GP, Marquez soma 225 pontos, mais 77 que o compatriota Dani Pedrosa (Honda), que este domingo terminou no segundo lugar.

Marquez tinha conquistado na véspera a sétima pole position do ano, batendo o recorde da pista germânica, que pertencia desde 2008 ao australiano Casey Stoner, e confirmou o favoritismo para revalidar o título de 2013.

O pódio em Sachsenring ficou completo com outro espanhol, Jorge Lorenzo (Yamaha), que reforçou o quinto lugar no Mundial, agora a apenas dois pontos do quarto, o italiano Andrea Dovizioso (Ducati).

Em Moto 2, o suíço Dominique Aegerter (Suter) alcançou a primeira vitória da carreira, superando o finlandês Mika Kallio (Kalex) e o italiano Simone Corse, seu colaga de equipa na Suter.

O líder da categoria, o espanhol Esteve Rabat (Kalex), terminou na quarta posição, encontrando-se agora com 19 pontos de vantagem sobre Mika Kallio.

Na terceira categoria, Moto 3, o australiano Jack Miller (KTM) venceu a corrida alemã e somou a quarta vitória desta temporada, seguido do sul-africano Brad Binder (Mahindra), que conseguiu o primeiro pódio da carreira. O terceiro e último lugar do pódio foi ocupado pelo francês Alexis Masbou (Honda).

Menos sorte teve o português Miguel Oliveira (Mahindra) forçado a abandonar a oito voltas do fim depois de ter sido abalroado pelo checo Karel Hanika (KTM).

Esta foi a segunda vez nesta temporada que Miguel Oliveira não terminou uma corrida, depois da desistência na Argentina, na terceira etapa deste Mundial.

O espanhol Alex Marquez (Honda) terminou na quarta posição e perdeu terreno para Miller na luta pelo comando do Mundial. O australiano lidera a classificação, com 142 pontos, mais 19 que o espanhol.

Apesar de não ter pontuado, Miguel Oliveira manteve o oitavo lugar, com os mesmos 53 pontos.

A décima prova do Mundial de motociclismo está agendada para o circuito norte-americano de Indianapolis, a 10 de agosto.

Exclusivos