Luso-angolano defende título de meios-pesados

O pugilista luso-angolano Tony Kicanga defende no sábado em Luanda, contra o romeno Adrian Cerneaga, o título mundial de meios-pesados do Conselho Universal de Boxe, conquistado em junho de 2010 em Portugal.

Kicanka, de 40 anos, vive em Portugal desde 1990, e passou por vários clubes, como o Clube Desportivo de Algés, o Boavista e o FC do Porto e atualmente está ao serviço do Health Club de Lisboa e tem como patrocinador o Benfica.

No seu palmarés constam os títulos de campeão de Angola, em 1989, e de Portugal, em 1993, 1994 e 1995.

O luso-angolano foi ainda vice-campeão do mundo hispano (1996), e conquistou a medalha de bronze nos Jogos Panafricanos de 1995, realizados no Zimbabué, e a medalha de ouro, em 1998, em Joanesburgo.

Como pugilista profissional, Kicanga foi eleito atleta do ano em Angola em 2002, e terceiro atleta do ano em África, no mesmo ano, tendo disputado ate agora 38 combates, averbando com 15 vitórias, 20 derrotas, dois empates e um nulo.

Tony Kicanga disputou o título em 2008 e 2009, perdendo para o polaco Kostic e o dinamarquês Andrei Zaahs, respetivamente.

A 26 de junho de 2010 conquistou finalmente o título, num combate realizado no Porto, onde derrotou o romeno Eugen Stan.

O aspirante ao título, Adrian Cerneaga, tem 34 anos, e como profissional já disputou 35 combates, com 25 vitórias, oito derrotas e dois nulos.

O combate vai realizar-se no pavilhão principal da Cidadela, na capital angolana e 8.000 bilhetes foram postos à venda, num evento que terá 2.000 efetivos da Polícia Nacional a assegurar a segurança do combate.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG