Latvala vence sétima especial e assume liderança

O piloto finlandês Jari-Matti Latvala (Ford Fiesta) venceu a sétima e última especial (Felizes 2) do Rali de Portugal e destronou da liderança o francês Sébastien Ogier (Citroen DS).

Latvala concluiu a corrida de 21,31 km, em 13.27.1 minutos, superando o colega de equipa, Mikko Hirvonnen (Ford Fiesta), segundo na super especial, com mais 6.4 segundos, e detém agora 11.5 segundos de diferença na geral para o compatriota.

"Agora concordo que esta é uma boa etapa. Nunca tinha sentido isso antes", referiu, no final, o piloto finlandês, recordando o grave acidente de há dois anos, em que capotou 17 vezes o seu Ford, mas a que saiu ileso juntamente com o co-piloto, Mikka Anttila.

Os Citroën estão mais lentos. Os franceses Sébastien Loeb e Sebastien Ogier, anterior líder, ocupam agora a terceira e quarta posição, respectivamente.

Ogier, vencedor da última edição da prova, mostrou-se ainda assim satisfeito com a primera etapa do Rali de Portugal

"Penso que foi um bom dia. Vamos ver amanhã (Sábado), mas ninguém sabe o que poderá acontecer. Hoje não senti grandes problemas, a não ser ter ficado um pouco atrasado devido ao Petter Solberg. O muro de poeira era impossível. Ainda avisámos a equipa via rádio, mas acabámos por passá-lo numa altura em que a estrada alargou", sublinhou.

Em destaque esteve o português Armindo Araújo (Mini Cooper). O piloto de Santo Tirso beneficiou do azar do norueguês Petter Solberg (Citroen DS3), que furou esta sexta-feira o pneu quatro vezes, um de manhã e os restantes três à tarde, para arrebatar o sétimo posto da especial, reforçando, assim, o oitavo lugar da geral e a posição de melhor português.

Armindo Araújo, que se estreou no WRC com o Mini Cooper, disse que não estava há espera de um resultado tão bom e elogiou o comportamento da viatura.

"Não sentimos grandes problemas, a não ser com o acelerador, que tem mostrado alguns dados errados. Mas foi um óptimo dia de abertura. Não esperava este resultado, nem que o carro se comportasse tão bem. Ainda tentei andar mais rápido na segunda secção, mas não quis forçar", referiu.

A última especial não foi particularmente feliz para o piloto madeirense Bernardo Sousa (Ford Fiesta), que ficou parado a meio do troço e subsiste agora a dúvida se vai continuar em prova.

Confira a classificação do Rali de Portugal, após a primeira etapa:

1. Jari-Matti Latvala/Miikka Anttila, Fin (Ford Fiesta RS), 1:23.31,4 horas

2. Mikko Hirvonen/Jarmo Lehtinen, Fin (Ford Fiesta RS), a 11,5 segundos

3. Sébastien Loeb/Daniel Elena, Fra (Citroen DS 3), a 13,7

4. Sébastien Ogier/Julien Ingrassia, Fra (Citroen DS 3), a 16,7

5. Henning Solberg/Ilka Minor, Nor/Aut (Ford Fiesta RS), a 2.06,5 minutos

6. Matthew Wilson/Scott Martin, GB (Ford Fiesta RS), a 2.11,2

7. Armindo Araújo/Miguel Ramalho, Por (Mini Cooper S2000), a 3.43,7

8. Federico Villagra/Jorge Perez Companc, Arg (Ford Fiesta RS), a 4.31,9

9. Kimi Raikkonen/Kaj Lindstrom, Fin (Citroen DS 3), a 4.33,1

10. Khalid Al-Qassimi/Michael Orr, EAU/GB (Ford Fiesta), a 4.35,2

(...)

12. Hayden Paddon/John Kennard, NZl (Subaru), a 5.59,4 (1.º Produção)

15. Bruno Magalhães/Paulo Grave, Por (Peugeot 207 S2000), a 8.09,0

16. Ricardo Moura/Luís Ramalho, Por (Mitsubishi Lancer), a 9.20,6

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG