Kim Clijsters ascende ao 19.º lugar do 'ranking'

Jogadora belga, que venceu em Nova Iorque, ainda não sabe de irá participar no Open da Austrália, em Janeiro.

Kim Clijsters ascendeu ontem ao 19.º lugar do ranking mundial feminino na sequência da sua vitória no Open dos Estados Unidos, prova que disputou com um convite da organização dado que não participou em suficientes torneios para integrar a tabela da WTA (Associação de Tenistas Profissionais).

Depois de uma paragem de dois anos, período durante o qual se casou e foi mãe, Clijsters regressou ao ténis profissional para vencer um dos quatro torneios do Grand Slam.

Eleita em 2005 jogadora do ano pela Federação Internacional de Ténis (ITF), a jogadora belga derrotou agora Caroline Wozniacki, por 7-5, 6-3.

Em 2007, quando decidiu reformar-se, Clijsters já "não tinha motivação, não estava concentrada a 100% no ténis e queria fundar uma família. Estou feliz por ter parado, foi a boa decisão. Agora tenho a possibilidade de combinar as duas", recordou ontem a jogadora.

Na sua caminhada para o triunfo em Nova Iorque derrotou cinco das 18 jogadoras mais bem classificadas da actualidade, entre elas as irmãs Williams, Venus (n.º3) e Serena (n.º 2).

Serena Williams, que foi desclassificada no encontro das meias-finais com Clijsters por ter ameaçado uma juíza de linha, foi multada em dez mil dólares (6870 euros) por comportamento antidesportivo.

Sobre o futuro próximo, Clijsters refere que vai jogar um torneio no Luxemburgo e considera ser ainda cedo para pensar na participação no Open da Austrália, em Janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG