Jéssica Augusto vai correr na São Silvestre de Braga

Filomena Costa, Joana Costa, Susana Godinho, Ricardo Vale, Francisco Rodrigues e Paulo Rosário são outros nomes de relevo nacional a participar na prova.

A bracarense Jéssica Augusto é o nome mais sonante da 37ª corrida de São Silvestre de Braga, apresentada nesta quarta-feira e que terá lugar a 20 de dezembro, e os seus responsáveis querem ultrapassar as duas mil inscrições.

Além da conhecida atleta bracarense, de 33 anos, Sameiro Araújo, antiga treinador de atletismo e atual vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga, destacou as presenças de Filomena Costa (A.C.D Jardim da Serra, da Madeira), Joana Costa (Sporting), Susana Godinho (Benfica), Ricardo Vale (Sporting de Braga), Francisco Rodrigues (Sporting de Braga) e Paulo Rosário (Maratona).

A responsável disse na conferência de imprensa de apresentação da S. Silvestre, "a mais antiga do Minho", que espera a participação de mais corredores de nomeada, designadamente atletas internacionais, mas que estes inscrevem-se, por norma, nos últimos dias.

A organização, da responsabilidade da autarquia bracarense, pretende bater o recorde de inscritos do ano passado (1.600) e chegar aos 2.000 atletas.

"O percurso [de oito quilómetros] mudou, este é mais fácil do que no ano passado, a maior subida foi retirada, e realiza-se mais no centro da cidade, até para ter muita mais gente a assistir e aplaudir", revelou.

Será atribuído um prémio individual de 500 euros ao vencedor, independentemente da nacionalidade ou género do atleta, existindo ainda uma tabela unicamente para atletas nacionais, sendo que o primeiro português (masculino e feminino) a terminar ganha igualmente 500 euros (prémios não acumuláveis).

Na S. Silvestre de 2013 dominaram os quenianos, com vitórias nos masculinos (Asbel Kipsang) e femininos (Correti Jepkoech).

Sameiro Araújo destacou ainda caminhada/corrida do Pai Natal, que se realiza este ano pela primeira vez, e que terá início (e outro percurso) logo a seguir ao arranque da prova principal, numa distância de cerca de 2,5 quilómetros.

"É uma prova que se destina a todas as idades, pais, avós e crianças, pretendemos um grande convívio entre gerações e que as pessoas se divirtam", concluiu.

O presidente da câmara de Braga, Ricardo Rio, que revelou que também vai participar na S. Silvestre, destacou "mais um evento marcante" no panorama desportivo da cidade e desejou que se torne num "marco emblemático" e "uma festa de Braga".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG