Ullrich provoca acidente com taxa de alcoolemia 1,4

O antigo ciclista alemão Jan Ullrich esteve envolvido num acidente de automóvel na Suíça, que provocou dois feridos, tendo apresentado uma taxa de alcoolemia de 1,4 gramas/litro, noticia hoje o jornal Blick.

"Lamento, felizmente não houve consequências muito graves", afirmou Ullrich ao jornal, acrescentando: "estava sob pressão, regressava de um encontro e queria chegar a casa o mais rápido possível".

Ao jornal, Ullrich negou que o álcool - cujo limite permitido na Suíça é 0,5 gramas/litro - tenha sido a causa do acidente, que ocorreu segunda-feira, no norte da Suíça.

A polícia suíça não identifica o condutor que provocou o acidente, referindo apenas que o mesmo tem 41 anos e ficou sem carta de condução.

Jan Ulrrich, o único ciclista alemão a vencer a Volta a França, em 1997, retirou-se em 2007 e no ano passado admitiu ter recorrido a transfusões de sangue ilegais com o auxílio do médico Eufemiano Fuentes.

Em 2012, o ciclista foi castigado com dois anos de suspensão pelo Tribunal Arbitral do Desporto devido a uma infração por doping e viu serem-lhe retirados todos os resultados conseguidos desde 2005, nomeadamente o terceiro lugar no Tour.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.