Schumacher deixa hospital e vai para casa

O antigo piloto de fórmula 1 deixou esta terça-feira a unidade hospitalar em Lausanne e já está na sua residência em Gland, na Suíça.

O alemão Michael Schumacher, antigo campeão mundial de Fórmula 1, saiu do hospital suíço onde se encontrava internado após um acidente de esqui e vai continuar a sua recuperação em casa, anunciou hoje a sua família.

"Daqui em diante, a reabilitação do Michael [Schumacher] vai decorrer em sua casa" na Suíça, anunciou a sua família através de um comunicado.

Schumacher, sete vezes campeão mundial de F1, foi internado em coma a 29 de dezembro, depois de ter sofrido uma queda quando esquiava fora dos limites da pista na estância de Meribel, nos Alpes franceses, na sequência da qual embateu com violência com a cabeça numa pedra.

"Tendo em conta os graves ferimentos que ele sofreu, têm sido feitos progressos nas últimas semanas e meses. Há ainda, no entanto, um longo e difícil caminho pela frente", acrescenta o comunicado.

O antigo campeão do mundo de F1 só saiu do coma em meados de junho, tendo então sido transferido de Grenoble para o Hospital de Lausanne, na Suíça.

Exclusivos