Oslo desiste da "corrida" para sede dos Jogos de Inverno

Oslo desistiu da candidatura aos Jogos de Inverno de 2022, na sequência do voto "contra" do Partido Conservador.

Oslo anunciou nesta quarta-feira a desistência da "corrida" à organização dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, depois do Partido Conservador, que apoia o governo, ter votado contra o apoio financeiro à candidatura.

"Tinha esperanças de um resultado diferente hoje à noite e claro que estou desapontado", disse Stian Berger Roesland, o presidente da câmara da capital norueguesa. Segundo o jornal norueguês Aftenposten, o grupo parlamentar esteve bastante dividido, mas após um longo debate interno decidiu votar contra o apoio à candidatura.

Em maio, já outro partido da coligação no poder, o Partido do Progresso, de direita, defendera que não haveria dinheiro do Estado para o projeto.

Oslo era considerada favorita para os Jogos de 2022, depois do sucesso de Lillehammer'94. Na "corrida" ficam agora Pequim e antiga capital do Cazaquistão, Almaty. Antes, tinham desistido Estocolmo, Cracóvia (Polónia) e Lviv (Ucrânia).

A sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 será escolhida na votação da 127.ª sessão do COI, a 31 de julho de 2015, em Kuala Lumpur.

Exclusivos