Morreu o mestre internacional de xadrez Joaquim Durão

Colaborador do Diário de Notícias ao longo de muitos anos, Joaquim Durão foi campeão nacional de xadrez por 13 vezes, um recorde absoluto. Morreu esta quinta-feira aos 84 anos.

Joaquim Durão, o primeiro jogador português a receber o título de mestre internacional de xadrez, morreu hoje, aos 84 anos, disse à agência Lusa fonte familiar.

Campeão nacional por 13 vezes, recorde absoluto, Joaquim Durão representou Sporting e o Benfica, foi presidente da Federação Portuguesa de Xadrez em três períodos diferentes (1968-1973, 1988-1997 e 2005-2007).

Além de ter integrado o Comité Executivo da federação internacional da modalidade, entre 1982 e 1996, exerceu também as funções de vice-presidente do organismo internacional, entre 1994 e 1996.

Joaquim Durão recebeu do Presidente da República Jorge Sampaio a Ordem do Mérito Comendador. Durante vários anos, colaborou com as páginas de xadrez do Diário de Notícias.

O corpo de Joaquim Durão estará ao final desta tarde de quinta-feira na Igreja São de Deus, em Lisboa. O funeral realiza-se amanhã, às 16.00, na mesma igreja, e o corpo segue depois para o crematório do cemitério dos Olivais.

Ler mais