José Gonçalves quinto numa etapa ganha por Alejandro Valverde

Ciclista da Movistar bateu Peter Sagan na curta mas difícil subida que marcou o final da etapa da Volta Espanha.

A quarta etapa da Volta em Espanha em bicicleta terminou hoje com a vitória do espanhol Alejandro Valverde (Movistar), num dia em que o português José Gonçalves (Caja Rural) terminou no quinto posto.

Naquela que foi a etapa mais extensa da edição de 2015 da 'Vuelta', com 209,6 quilómetros, o ciclista de Múrcia acabou por ser o mais forte na rampa final, terminando a etapa em 5:07.30 horas.

Na subida final, com uma inclinação a rondar os 14%, o irlandês Nicolas Roche (Sky) tentou surpreender com um ataque ainda longe da meta, mas nos derradeiros 400 metros perdeu andamento e a 100 acabou por ser ultrapassado por Valverde, que ao seu jeito acelerou para garantir o triunfo em Vejer de la Frontera.

Para trás, o espanhol deixou o vencedor da tirada de segunda-feira, o eslovaco Peter Sagan (Tinkoff-Saxo) e o espanhol Dani Moreno (Katusha), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Com o mesmo tempo do vencedor terminou o português José Gonçalves, que ainda tentou a vitória na etapa, mas viu-se ultrapassado já bem perto da meta.

Um pouco mais atrasados, a 11 segundos do grupo vencedor, chegaram os portugueses André Cardoso (Cannondale-Garmin) e Nelson Oliveira (Lampre-Merida), 27.º e 29.º, sendo que Ricardo Vilela (Caja Rural) concluiu a etapa a 1.10 minutos, na 52.ª posição, enquanto Tiago Machado (Katusha) chegou a 3.39 minutos, na 89.º posição, e Sérgio Paulinho (Tinkoff -- Saxo) foi um dos últimos a cruzar a meta, perdendo 8.08 minutos.

No que diz respeito à classificação geral, a liderança da prova continua na posse do colombiano Esteban Chaves (Orica-GreenEDGE), que segue com cinco segundos de vantagem sobre o holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin) e 12 face a Roche.

Quanto aos portugueses, o mais bem classificado continua a ser André Cardoso, que hoje caiu para o 19.º, a 1.15 minutos de Chaves. Mais atrasado segue José Gonçalves, no 35.º posto, a 3.01 minutos do líder, sendo que um pouco mais atrás, na 38.ª posição, segue Ricardo Vilela, a 3.18.

Na quarta-feira, a quinta etapa vai ligar Rota a Alcalá de Guadaíra, na extensão de 167,3 quilómetros, com uma rampa no último quilómetro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".