Frederico Gil nos quartos de final de Monte Carlo

O tenista português, Frederico Gil, surpreendeu esta quinta-feira no torneio de Monte Carlo, ao derrotar o número dez mundial, o francês Gael Monfils.

Gil, 82.º do ranking ATP, venceu o primeiro set por 7-6 (após tie-break) e dominou o segundo, com esclarecedores 6-2, ditando o afastamento de Monfills (10.º da hierarquia e oitavo cabeça de série), em duas horas de jogo.

Apesar da diferença de pontos no ranking, Frederico Gil singrou na partida, alcançando os quartos de final, fase nunca antes conseguida num Master.

Ambos os tenistas tiveram de receber assistência no decorrer do encontro.

Na próxima ronda, o português vai defrontar o escocês Andy Murray, terceiro cabeça de série, que derrotou o francês Gilles Simon, por duplo 6-3.

O torneio de Monte Carlo, o primeiro Masters 1000 da ATP World Tour em terra batida este ano, tem um prémio monetário de 2.750.000 milhões de euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.