Benfica conquista Taça Continental sem jogar

Liceo da Corunha não compareceu na final marcada para Viana do Castelo, por isso o Benfica, segundo os regulamentos, venceu por 10-0 e conquistou a primeira Taça Continental (ex-Supertaça europeia) do seu historial.

O Benfica conquistou este sábado a Taça Continental de hóquei em patins, devido à falta de comparência do Liceo da Corunha na final, que deveria ter sido disputada no pavilhão Municipal de Monserrate, em Viana do Castelo.

A equipa encarnada compareceu no rinque à hora marcada (15.05) para o desafio, esperou os 15 minutos regulamentares, mas a equipa espanhola não compareceu, permitindo à formação portuguesa sagrar-se a vencedora da 31.ª edição da Taça Continental (ex-Supertaça Europeia, agora com nova designação atribuída pelo Comité Europeu de Rink-Hockey).

Carlos Graça, dirigente português que preside ao Comité Europeu da modalidade, garantiu na véspera do jogo que não tinha qualquer informação que apontasse à ausência da equipa da Galiza na final. Manuel Iglésias Gonzalez, presidente do Liceo Corunha, garantiu, contudo, na última quarta-feira, em declarações à rádio Geice, que a sua equipa não iria marcar presença na final.

Perante os cerca de 300 adeptos presentes no pavilhão, o Benfica vai agora disputar um jogo-treino, seguindo-se uma viagem até Monção, onde o presidente Luís Filipe Vieira aguarda a equipa, à margem de uma visita à casa do Benfica local.

"Não compreendemos como é que um clube com o peso e responsabilidade na Europa do Liceo não está cá para disputar o troféu connosco. Mas vamos estar atentos e queremos que as responsabilidades sejam apuradas", sublinhou João Coutinho, vice-presidente do Benfica para as modalidades.

"Esta taça vai figurar no meu currículo, mas devo confessar que foi o pior jogo da minha carreira", afirmou pelo seu lado Luís Sénica, o treinador da equipa de hóquei em patins do clube da Luz.

"Quando o Liceo nos comunicou, por telefone, que não iria comparecer, tentámos fazer de tudo para que isso não acontecesse. Infelizmente, não foi possível. Disseram-nos que, entre as duas competições [o Liceo da Corunha joga no domingo em Alicante, para a Liga espanhola de hóquei em patins], preferiam a outra", referiu ainda Carlos Graça, dirigente português que preside ao Comité Europeu da modalidade.

Ler mais

Exclusivos