Atletas portugueses em finais nos Mundiais de trampolins

Ao todo, quatro atletas portugueses qualificaram-se para finais no Mundial de trampolins, em várias categorias. Outros quatro atletas já estão apurados para as meias-finais.

Oito ginastas portugueses apuraram-se para meias-finais e finais em várias categorias do Campeonato do Mundo de ginástica de trampolins, que decorre até domingo em Daytona Beach, no estado norte-americano da Florida.

Nas provas de duplo minitrampolim, disputadas na sexta-feira, André Lico - bicampeão do Mundo nesta especialidade - totalizou 74.300 pontos e garantiu o apuramento para a final, no primeiro lugar da tabela classificativa. Também André Fernandes participará nesta final, tendo garantido o apuramento no quarto lugar, com 73.600 pontos.

No tumbling feminino, Raquel Pinto e Beatriz Botelho, estreantes em Campeonatos do Mundo enquanto seniores, apuraram-se para a final, ao conseguirem, respetivamente, o 6.º (64.900 pontos) e o 7.º lugares (64.800 pontos).

No trampolim individual feminino, a atleta olímpica Ana Rente conseguiu um lugar entre as 24 das meias-finais de hoje. A ginasta portuguesa totalizou 97.230 pontos nas suas duas séries, assegurando o 16.º lugar da tabela.

A ginasta Sílvia Saiote também obteve um lugar nas meias-finais desta especialidade (94.500 pontos), na 23.ª posição.

Já em trampolim individual masculino, o atleta olímpico Diogo Ganchinho e o menos experiente Pedro Ferreira também se apuraram para as meias-finais. Ganchinho conseguiu 106.970 pontos, o que lhe valeu a 11.ª posição, enquanto Ferreira terminou as suas duas séries com 104.515 pontos, que lhe deram o 22.º lugar.

Ainda neste sábado decorrem as qualificações de trampolim sincronizado (com as duplas Pedro Ferreira/Diogo Ganchinho e Tiago Lopes/Diogo Abreu), de duplo minitrampolim feminino (com Andreia Robalo, Ana Robalo e Joana Pereira) e de tumbling masculino (Frederico Rodrigues, Paulo Cruz e Nuno Silvano).

Sílvia Saiote e Ana Rente disputam neste sábado as meias-finais de trampolim individual feminino, enquanto André Lico e André Fernandes entram em ação na final de duplo minitrampolim masculino. Raquel Pinto e Beatriz Botelho participam na final de tumbling feminino.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.

Premium

Rui Pedro Tendinha

O João. Outra vez, o João Salaviza...

Foi neste fim de semana. Um fim de semana em que o cinema português foi notícia e ninguém reparou. Entre ex-presidentes de futebol a serem presos e desmentidos de fake news, parece que a vitória de Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora e João Salaviza, no Festival do Rio, e o anúncio da nomeação de Diamantino, de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, nos European Film Awards, não deixou o espaço mediático curioso.