Hoogerland foi suturado com 33 pontos

O ciclista holandês Johnny Hoogerland necessitou de ser suturado com 33 pontos no domingo à noite, no hospital de Saint-Flour, na sequência da queda durante a nona etapa da Volta a França, segundo informou a equipa Vacansoleil.

Hoogerland deslocou-se ao hospital após a cerimónia protocolar do pódio da nona etapa, durante a qual vestiu a camisola de líder da classificação de montanha.

O holandês e o espanhol Juan Antonio Flecha (Sky) foram abalroados, quando seguiam num grupo de cinco fugitivos, por uma viatura da Euro Media, empresa que produção televisiva do Tour. Hoogerland foi projetado contra uma vedação em arame farpado, sofrendo ferimentos nas duas pernas.

A viatura e o seu condutor foram excluídos pela direcção do Tour, apesar de a France Télévisions ter apresentando "todas as desculpas" aos corredores, às equipas e à organização, pelo acidente.

Já na quarta-feira, durante a quinta tirada, uma mota tinha provocado a queda ao campeão dinamarquês Nicki Sorensen (Saxo Bank).

A "Grande Boucle", agora liderada pelo gaulês Thomas Voeckler (Europcar), cumpre hoje o primeiro dia de descanso, após a nona das 21 etapas da corrida.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG