Hamilton vs. Rosberg. "A luta vai continuar," diz o homem que bateu ambos

Duelo na Fórmula 1 durará enquanto a Mercedes estiver no topo, garante Álvaro Parente, que os venceu nos karts e agora acelera nos GT.

Aquele dia de 1998, em Braga, em que Álvaro Parente se sagrou campeão europeu de karting, à frente de Lewis Hamilton e Nico Rosberg, já lá vai. Contudo, a relação entre o inglês e o alemão não melhorou desde então. Antes pelo contrário. E, em dia de Grande Prémio de Fórmula 1 do Bahrein (hoje às 16.00, Sport TV5, com Hamilton a partir na pole position, Vettel do segundo lugar da grelha e Rosberg imediatamente a seguir), nem vale a pena pensar em tréguas entre os dois principais candidatos à vitória e ao título mundial. "A luta interna vai continuar sempre", sentencia, em declarações ao DN, o homem que um dia os derrotou.

"Eles têm os melhores carros e a luta pelo campeonato é muito intensa. É preciso isso no nível em que estão. Se não acontecer é porque estão a andar pior", analisa o piloto português. Para Álvaro Parente, que também se cruzou com Hamilton e Rosberg na Fórmula 3 britânica, a culpa não é só das suas personalidades. Os pilotos são egoístas - "a este nível todos são um bocadinho assim" -, mas é o facto de estarem com o melhor carro, na mesma equipa, a lutar pelo título mundial, que os leva a fazer faísca: "Ninguém gosta de ser segundo."

Leia mais na edição impressa e no epaper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG