Francês Löic Duval sofre primeiro acidente violento

O piloto francês Loïc Duval, companheiro de equipa do português Filipe Albuquerque na Audi, sofreu hoje um violento acidente nos treinos livres para as 24 Horas de Le Mans (França), que decorrem no próximo fim de semana.

O piloto gaulês, que saiu consciente do carro, foi levado de ambulância para o centro médico do circuito e vai para o hospital de Le Mans, para fazer exames médicos, indicou o diretor de equipa da Audi, Wolfgang Ullrich.

O acidente de Loïc Duval, um dos três pilotos que ganharam a edição de 2013 da prova, obrigou à interrupção (bandeira vermelha) da sessão de treinos.

O Audi R18 e-tron quattro com o número 1, o primeiro carro da equipa, ficou parcialmente destruído, após o embate com as barreiras de segurança, depois de ter saído de pista após a curva Pont.

Quando Loïc Duval se despistou, o Audi n.º 1 ostentava o segundo melhor tempo da sessão de treinos livres, atrás do Toyota n.º8. Os treinos livres prosseguem até às 20:00 (19:00 em Lisboa), seguindo uma sessão de qualificação noturna das 21:00 às 23:00.

Duval partilha o Audi n.º1 com o dinamarquês Tom Kristensen e o brasieiro Lucas Di Grassi.

O português Filipe Albuquerque correrá as 24 Horas de Le Mans no terceiro carro da equipa oficial da Audi, na principal categoria (LMP1 Le Mans Prototype 1), a mais potente e rápida.

Os portugueses Álvaro Parente (Ferrari 458 Italia) e Pedro Lamy (Aston Martin Vantage V8) também participam em duas categorias menores: LM GTE Pro e LM GTE Am, respetivamente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG