Francês Jean Todt candidato à presidência da FIA

O francês Jean Todt, ex-director desportivo da Ferrari, confirmou hoje a intenção de se candidatar à presidência da Federação Internacional do Automóvel (FIA), após a anunciada saída do britânico Max Mosley.

Jean Todt refere em comunicado que é candidato à presidência da FIA, após ter recebido o apoio inequívoco de Max Mosley, que lhe confirmou a decisão de não se recandidatar ao quinto mandato consecutivo.

"É minha intenção prosseguir e alargar o trabalho desenvolvido por Max Mosley, de forma incansável, nos últimos 16 anos, em prol do desporto automóvel em todo o Mundo", refere Jean Todt, que inclui na sua equipa Brian Gibbons e Nick Craw.

Jean Todt refere que pretende formar uma equipa experiente, dinâmica e empenhada e concentra a sua atenção no desenvolvimento de retornos financeiros, inovação e desenvolvimento de trabalho em equipa.

A candidatura de Jean Todt surge após o actual responsável da FIA, Max Mosley, de 63 anos, ter anunciado que não se recandidataria e de ter indicado o francês como o sucessor ideal para as eleições de Outubro.

O francês Jean Todt é o segundo candidato à presidência da FIA, depois do ex-campeão mundial de ralis, o finlandês Ari Vatanen, ter anunciado, há cerca de uma semana, que pretendia suceder ao britânico Max Mosley.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG