Félix da Costa falha segunda corrida na Áustria

O piloto português António Félix da Costa, da Arden Caterham, ficou este domingo imobilizado na grelha de partida para a segunda corrida da 6.ª etapa da World Series by Renault 3.5, devido a problemas eletrónicos.

O piloto da Arden Caterham falhou a segunda corrida da 6.ª etapa da World Series by Renault 3.5, no circuito austríaco de Spielberg, devido a problemas eletrónicos.

Félix da Costa, que tinha sido oitavo na qualificação, teve problemas no motor, que já no sábado passado o tinham impedido de ir além do sétimo lugar na primeira corrida.

Devido aos problemas que já tinha tido, a equipa do piloto português decidiu trocar o motor, mas os probemas mantiveram-se, desta vez a nível eletrónico.

"Era um fim de semana em que tanto eu como a equipa depositávamos grandes esperanças, mas tudo correu mal. Hoje foi um dia ainda pior que o de ontem [sábado]. Quando cheguei à grelha para me preparar para o arranque apagou-se tudo, motor e painel de instrumentos", referiu Félix da Costa, citado pela sua assessoria de imprensa.

O piloto português admite que este foi um dos piores fins de semana da sua carreira, mas acrescenta: "Estou triste, mas tenho confiança no meu valor, por isso vou continuar a trabalhar com a equipa de forma a terminarmos a época bem e traduzir o nosso verdadeiro potencial em resultados".

A próxima corrida será no circuito de Hungaroring, na Hungria, nos dias 14 e 15 de setembro, e Félix da Costa já terá um motor totalmente novo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG