Estreia infeliz de Félix da Costa no DTM

O português António Félix da Costa (BMW) falhou um lugar pontuável na corrida de estreia do Campeonato Alemão de Turismo (DTM), ao dar um toque na fase final da corrida disputada em Hockenheim.

Numa prova ganha pelo alemão Marco Wittmann (BMW), Félix da Costa entrou na fase final no quarto posto e encontrava-se a lutar por um lugar no pódio quando deu um toque num adversário que lhe danificou o carro, terminando classificado no 21.º posto, a quatro voltas do vencedor.

"Foi uma corrida dura, em que estive sempre em luta direta por um lugar no pódio com o Timo Scheider e o Timo Glock, dois pilotos muito experientes. Já na parte final, quando procurava passar o Scheider, cometi um erro a ultrapassá-lo e toquei-lhe, o que fez com que o meu carro ficasse danificado. Assumo o erro e, se por um lado fico desapontado, por outro fico com a certeza de que fui rápido ao longo do fim do semana e isso é importante e motivador para as próximas corridas", afirmou o piloto, em declarações reproduzidas pela sua assessoria de imprensa.

Em relação à próxima prova, a disputar no circuito de Oschersleben, a 18 de maio, António Félix da Costa espera continuar a aprendizagem no DTM.

"Fiquei a conhecer melhor o DTM e a perceber bem o nivel competitivo, que é verdadeiramente incrivel. Vou para a próxima prova em Oschersleben motivado e com vontade de fazer mais e melhor", sublinhou o piloto de 22 anos.

Marco Wittmann venceu com alguma facilidade a prova, cumprindo as 42 voltas em 1:06.40,548 horas, menos 12,869 segundos do que o segundo classificao, o sueco Mattias Ekstrom (Audi), e 14,879 sobre o terceiro, o francês Adrien Tambay (Audi).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG