E vão três para Cavendish

O inglês venceu esta sexta-feira a 13.ª etapa da Volta a Itália. O ciclista da Sky voltou a superiorizar-se à concorrência numa chegada ao sprint.

O terceiro triunfo do britânico na edição deste ano do Giro resultou de um lançamento muito bem feito pela sua equipa. O sprinter ainda esteve 'encurralado' nos últimos 500 metros mas, depois de ultrapssar uma série de adversários, foi mesmo o primeiro a cruzar a meta instalada na localidade de Cervere.

O sprinter da Sky demorou 3:02.07 horas a completar a tirada, seguido pelo norueguês Alexander Kristoff (Katusha) e pelo australiano Mark Renshaw (Rabobank).

Na geral, tudo na mesma. Joaquín Rodríguez (Katusha) conservou a camisola rosa na véspera da chegada aos Alpes. O espanhol chegou integrado no pelotão e manteve os 17 segundos de vantagem sobre Ryder Hesjedal (Garmin).

O português Nélson Oliveira (RadioShack) concluiu a tirada junto dos homens da frente e subiu um lugar na geral, sendo agora 68.º classificado.

Este sábado, entre Cherasco e Cervinia, a etapa é para trepadores, com duas contagens de montanha de primeira categoria.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG