'Dobradinha' italiana para Frederico Gil

O jogador português obteve o primeiro triunfo da época em singulares e a segunda vitória em pares.

O tenista português Frederico Gil alcançou ontem a "dobradinha" no torneio de Nápoles (Itália), um challenger de 64 mil euros, juntando o título de singulares ao de pares.

Horas depois de ter batido o italiano Potito Starace na final de singulares, por 2-6, 6-1, 6-2, Frederico Gil juntou-se ao croata Ivan Dodig para bater a dupla formada pelo brasileiro Thiago Alves e o checo Lukas Rosol.

A dupla luso-croata superiorizou-se facilmente em dois sets, pelos parciais de 6-1, 6-3, numa final que não chegou a ter uma hora (58 minutos).

Se em singulares foi o primeiro troféu da época, ganho na segunda final que disputou em 2009, em pares o tenista português somou o segundo título da temporada, depois da vitória no challenger de Istambul, ao lado do brasileiro Júlio Silva.

Em singulares, o português desforrou-se da derrota sofrida diante Starace no único confronto que os dois tinham disputado até ontem, em 2007, em São Marino. Gil, que se separou do seu treinador, o antigo jogador João Cunha e Silva, na sequência do Open dos Estados Unidos de 2009, é actualmente o número 100 do ranking mundial masculino. A sua melhor classificação de sempre foi o 66.º posto, alcançado a 25 de Maio deste ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG