Dani Pedrosa regressa no Grande Prémio português

O piloto espanhol, Dani Pedrosa, foi esta quarta feira submetido a uma operação para descomprimir uma artéria subclávia esquerda e, se tudo correr como previsto, deve estar recuperado para o Grande Prémio de Portugal de Moto GP, a 1 de Maio, no Estoril.

A Honda Repsol anunciou, em comunicado, que Dani Pedrosa, segundo classificado no mundial de motociclismo atrás do compatriota Jorge Lorenzo (Yamaha), foi operado no Centro Médico Teknon, em Barcelona, e que a intervenção serviu para retirar o tecido fibroso que envolvia a artéria.

Para libertar completamente a compressão arterial foi retirada a placa de titânio e os parafusos que a fixavam à clavícula e que tinham sido aplicados numa intervenção anterior, na sequência de uma fratura.

O piloto queixava-se de dor, perda de sensibilidade e fraqueza no braço de esquerdo, tendo exames realizados na semana passada apurado, que tais sintomas deviam-se à compressão da artéria subclávia subsequente à operação à clavícula.

Dani Pedrosa, que ficará internado durante 48 horas, será observado novamente na próxima semana para se ficar a saber em que condições se encontra, mas com o Grande Prémio no circuito do Estoril, em vista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG