Cavendish é 'persona non grata' em prova holandesa

O ciclista britânico foi partícipe na queda do holandês Tom Veelers, na chegada da 10.ª etapa do Volta à França, e o comité organizador do critério de Boxmee considera-o responsável, e retiraram o seu nome da lista de inscritos.

Mark Cavendish foi declarado 'persona non grata' no critério de Boxmeer, anunciou esta quinta-feira a organização da prova holandesa, que retirou o ciclista britânico da lista de inscritos, segundo a agência ANP.

A decisão vem na sequência de um incidente que provocou a queda do holandês Tom Veelers na chegada da 10.ª etapa da Volta a França.

Autor de um encosto que desequilibrou o corredor holandês da Argos-Shimano, Cavendish foi ilibado pelos comissários da corrida.

No entanto, o comité organizador do critério de Boxmee, que se disputa a 22 de julho, um dia depois da chegada do Tour a Paris, não compreendeu a decisão.

"Vi as imagens do sprint na televisão e juntamente com o comité decidi retirar Cavendish da nossa lista de participantes. O júri pode pensar que ele não é responsável pela queda de Tom Veelers, mas nós pensamos absolutamente o contrário", declarou o diretor da prova, Twan Poels, à televisão NOS.

Na quarta-feira, o ciclista da Omega Pharma-Quick Step foi atingido com urina durante o contrarrelógio, sendo fortemente apupado pelo público francês.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG