Armindo Araújo com novo projecto e ambições

O piloto português Armindo Araújo inicia na quinta-feira, no Rali de Portugal, uma nova etapa na sua carreira, quando se estrear pela equipa Mini no WRC, a principal categoria do campeonato do Mundo de ralis.

O projecto da equipa está ainda numa fase inicial e Armindo Araújo, que ostenta o título de bicampeão mundial do agrupamento de produção, também não traça objetivos elevados para esta sua estreia, prometendo sim trabalhar no sentido de ajudar a sua equipa a evokuir.

Nascido a 01 de Setembro de 1977, os primeiros passos de Armindo Araújo foram nas competições de motas, na especialidade de enduro.

Em 2000, passou a participar em ralis e começou a dar nas vistas no troféu Saxo, o que o levou à equipa Citroen, tendo, em 2003, conquistado o seu primeiro campeonato nacional absoluto, título que repetiu no ano seguinte.

Apesar da transferência em 2005 para a Mitsubishi, Araújo assegurou pelo terceiro ano consecutivo o título, que repetiu na temporada seguinte.

Araújo assegurou ainda, em 2003, 2004 e 2006, vitórias no Rali de Portugal, tornando-se no português com mais triunfos no rali português.

O sucesso em Portugal levou-o a mudar-se para o campeonato do Mundo do agrupamento de produção, tendo, depois de duas primeiras épocas menos produtivas, assegurado o título mundial em 2009 e repetido o feito em 2010.

Estes resultados permitiram a Armindo Araújo programar melhor a sua temporada e finalmente integrar uma equipa que vem com ambições para o WRC.

A Mini, que regressa ao campeonato do Mundo após muitos anos de ausência, pretende desenvolver um projeto a médio prazo, tendo como primeiro objetivo lutar pelas vitórias dentro de três anos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG