Álvaro Parente termina segunda corrida em décimo

O português Álvaro Parente terminou hoje em décimo lugar a segunda corrida de GP2 do Grande Prémio da Turquia, disputada em Istambul e ganha pelo brasileiro Lucas De Grassi.

Depois do abandono na primeira corrida, no sábado, quando seguia na segunda posição, Parente viu-se obrigado a largar hoje da 20ª posição e o melhor que conseguiu foi recuperar 10 lugares, mas ainda não foi desta que pontuou.

O piloto da Ocrean Racing terminou a 24,696 segundos de Lucas de Grassi, que ganhou com 3,853 segundos de vantagem sobre o espanhol Javier Villa, enquanto o russo Vitaly Petrov, vencedor da corrida de sábado, foi terceiro, a 5.351.

"Depois da corrida de ontem era difícil hoje alcançar um bom resultado. Dei o meu máximo, ataquei do princípio ao fim, mas não era possível fazer mais. O carro do Mortara tinha uma velocidade de ponta muito elevada, o que me impediu de alcançar o nono posto", afirmou Álvaro Parente.

O português reconheceu que "tudo poderia ter corrido melhor", não fosse o facto de "cometer um erro", mas está convicto de que poderá ser muito competitivo nas próximas provas, "dado que o carro está muito mais rápido".

Após três provas, Vitaly Petrov assumiu o comando do campeonato, com 33 pontos, mais dois do que o francês Roman Grosjean, seu companheiro de equipa, enquanto Álvaro Parente ainda procura os primeiros pontos.

A próxima prova será o Grande Prémio da Grã-Bretanha, a 20 e 21 de Junho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG