Acidente nas "boxes" compromete corrida de Lamy

O piloto português Pedro Lamy comprometeu hoje logo no início o objectivo de finalmente vencer a 24 Horas de Le Mans, ao sofrer um acidente na zona das "boxes", que deixou a sua equipa muito atrasada na classificação.

O acidente ocorreu numa altura em que o carro número 17, um Peugeot pilotado pelo francês Jean-Christophe Boullion, entrou nas "boxes" uma volta mais cedo do que o previsto e terá sido surpreendido com a saída de Lamy, que tinha acabado de reabastecer o seu carro, da equipa oficial da Peugeot.

Apesar do acidente ter-se dado a uma velocidade muito reduzida, a frente do carro de Boullion acabou por danificar a roda traseira do de Lamy, que foi obrigado a cumprir uma volta inteira (13,629 quilómetros) com o pneu furado, o que danificou outras partes do carro.

"Não vi mesmo a outra viatura. Estava a ver à minha frente, mas não tinha maneira de ver atrás de mim. Espero que não levem muito tempo a reparar o carro", afirmou Lamy sobre o acidente.

Depois de 24 minutos, o Peugeot, que entretanto está a ser conduzido pelo francês Nicolas Minassian, regressou à pista, ocupando de momento a 51.ª posição, a sete voltas do líder.

O outro Peugeot oficial, pilotado pelos franceses Stephane Sarrazin, Sébastien Bourdais e Franck Montagny, lidera a prova com um total de 29 voltas, ao fim de 1:50 horas de corrida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG